Antes de você saber sobre os preços de guarda móveis em São Paulo, saiba que é preciso fazer um esclarecimento de que o self storage é algo bastante diferente de um guarda móveis tradicional. Atualmente, uma grande quantidade de empresas tem trabalhado com guarda móveis até o final da contratação. Além disso, realizar a contratação de um guarda móveis, quanto ao aluguel, ele apresenta questões como o tempo mínimo, multas e outros fatores que são mais burocráticos.

 
Já um self storage mais especializado, é capaz de armazenar os móveis de uma maneira diferenciada, protegendo todos os seus pertences e ainda garantindo um ambiente sempre limpo e conservado através de uma rotina de manutenção, limpeza e dedetização.

 

Conheça mais sobre os preços de guarda móveis em São Paulo

 
Para que você saiba mais sobre os preços de guarda móveis em São Paulo, saiba que com o uso do guarda móveis é possível que você fique tranquilo em armazenar os seus móveis e os seus eletrodomésticos, principalmente por ter um grande sistema de segurança.

 
Mas, caso você ainda não saiba para que serve um guarda móveis, saiba que ele é uma grande solução para a falta de espaço na sua casa, onde em diferentes momentos da sua vida, você poderá recorrer a um box e guardar todos os seus pertences.

 
Assim, se o seu apartamento se encontra em reforma, se você está mudando de cidade ou está indo fazer um intercâmbio, saiba que é nesse momento que você percebe o acúmulo de objetos que possui, necessitando de mais espaço e com isso recorrendo ao guarda móveis.

 
Por isso, o preço de um guarda móveis é uma dúvida sempre bastante frequente, e por esse motivo, iremos lhe mostrar e explicar como tal tipo de serviço é cobrado. Assim, confira abaixo qual é a média de preços do guarda móveis na cidade de São Paulo, onde iremos mostrar de maneira resumida os motivos que fazem esse serviço ser mais caro ou mais barato.

 

Sobre o guarda móveis

 
Caso você não saiba, o serviço de guarda móveis é um serviço que já existe faz muito tempo no país, e por esse motivo ele é muito conhecido. Normalmente, esse serviço é garantido pelas empresas de mudança, a qual a própria empresa pode ir buscar os seus móveis e armazená-los em um galpão.

 
Dessa forma, nessa modalidade o cliente somente irá ter acesso aos bens que se encontram armazenados no começo e no final do processo, além ainda de não existir uma regra mais clara de precificação, onde são cobrados conforme o tamanho dos objetos que podem ser guardados e podem custar cerca de R$ 150,00 até R$ 2.500,00 por mês.

 

Sobre o self storage

 
Em relação a modalidade do self storage, a qual é mais recente no país, esse é um conceito bastante difundido nos Estados Unidos, onde tal tradução em português significa auto armazenagem. Com isso, nessa abordagem, o cliente pode fazer o aluguel de boxes de tamanhos diferenciados por um certo tempo, em que o cliente faz o pagamento pelo aluguel do box.

 
Além disso, a precificação dos self storage se encontra de forma direta ligado a precificação do mercado imobiliário, onde nesse caso o cliente deve ter atenção quanto a localidade, a qual irá influenciar no preço que será pago.
Já no caso da cidade de São Paulo, o preço médio do metro quadrado de tais boxes se encontre entre R$65,00 até R$70,00 por mês.

 

Qual dos dois são melhores?

 
Podemos dizer que assim como quase tudo na vida, os dois são casos que possuem as suas vantagens e desvantagens, cabendo aos clientes saberem o que ele deseja priorizar e se encontrar ciente do que ele estará abrindo mão.
No entanto, a opção dos guarda móveis é sempre a mais recomendada para aqueles que necessitam gastar menos, porém, nesse caso o cliente irá estar abrindo mão da segurança dos seus bens, e a opção self storage já é mais recomendada para aqueles que possuem preocupação com a segurança dos seus bens.