Com o Dia das Crianças se aproximando, pais, avós e padrinhos já começam a se planejar para comprar os presentes para os pequenos, que estão cada vez mais exigentes. Brinquedos e roupas costumam ser os principais itens dessa data. Por conta disso, o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) forneceu algumas dicas valiosas antes de comprar o presente.

Dicas para comprar presentes para o Dia das Crianças

Selo do Inmetro

Qualquer brinquedo comercializado no Brasil, seja ele de fabricação nacional ou importado, precisa exibir o selo do certificado inmetro. O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) promove ensaios laboratoriais que avaliam as propriedades químicas e físicas dos brinquedos. A presença do selo é a garantia de que o produto possui procedência e é seguro. Além do selo do Inmetro, também é recomendável verificar a presença do selo da Abrinq, uma fundação que também promove avaliações do tipo.

Procedência

Brinquedos comercializados ilegalmente nas ruas ou em estabelecimentos irregulares dificilmente possuem os selos citados, o que indica que podem ser prejudiciais às crianças. Tintas e materiais tóxicos, partes cortantes ou perfurantes e ruídos em excesso são alguns dos fatores que podem estar presentes nesses produtos.

Planejamento Financeiro

A dica é definir com antecipação aquilo que é preciso comprar para que o orçamento não fique apertado. Os preços de um mesmo item tendem a variar consideravelmente no mercado, podendo variar mais que o dobro de um estabelecimento para outro. Além disso, as lojas possuem autorização para cobrar preços diferentes para diferentes formas de pagamento. Por conta disso, a dica é pesquisar bastante acerca dos melhores locais para comprar o produto e barganhar com o comerciante que estiver disposto.

Faixa etária

Na hora de comprar brinquedos, é preciso verificar se o produto é adequado à faixa etária da criança. Principalmente se a criança for muito pequena, é necessário observar se não há peças de tamanho reduzido que se soltam e que podem ser facilmente engolidas.

Atenção às embalagens

As embalagens devem conter o selos de certificação e a faixa etária dos produtos. Além disso, outras especificações são bastante importantes, como os dados sobre o fabricante ou o importador, o que inclui: CNPJ, país de origem e dados de composição. Essas informações devem constar em português, mesmo que os produtos sejam importados. Ao adquirir qualquer produto, lembre-se também de exigir a nota fiscal, que é um documento que serve como comprovação da relação de consumo estabelecida, sendo necessária em caso de qualquer irregularidade com o item comprado.

Peças de vestuário

Para quem comprar roupas e calçados para os pequenos, procure analisar antecipadamente o gosto e as medidas da criança. Esse tipo de produto só possui troca obrigatória caso apresente algum defeito. Em qualquer outra circunstância, como não ter servido ou a criança não ter gostado do modelo escolhido, a possibilidade de troca varia de loja para loja.