As panelas de pressão são utensílios domésticos bastante vantajosos. Na atualidade, poucas pessoas têm tempo de sobra para cozinhar, de modo que a alta pressão acelera o tempo de preparo dos alimentos. Entretanto, há pessoas que possuem um certo receio ao utilizar o item, por conta dos casos de acidentes e explosões dentro de casa envolvendo panelas do tipo.

Para que isso não ocorra, fique atento às dicas a seguir.

Certificação

Existem vários modelos de panelas de pressão com diferentes capacidades de volume. Para que sejam garantidos requisitos mínimos de segurança, é obrigatório, desde 2010, que as panelas de pressão sejam comercializadas somente com o selo do Inmetro. A presença do selo é a garantia de que esses itens foram aprovados após terem sido submetidos a testes laboratoriais, atingindo os níveis de segurança. É fundamental que os produtores registrem as panelas de pressão junto ao Inmetro (o que pode ser realizado por meio do sistema orquestra Inmetro). O consumidor se sente mais seguro ao saber que as panelas de pressão foram produzidas em conformidade com as normas técnicas.

Dicas de uso de panelas de pressão

Quantidade de água

Para evitar acidentes, é preciso seguir à risca as instruções de uso do utensílio. Não se deve cozinhar alimentos em panelas de pressão sem água. Além disso, é preciso respeitar a quantidade certa de água, que corresponde a um valor entre um e dois terços da capacidade volumétrica da panela. Geralmente, as panelas contêm as marcações dessas medias na parte interna.

Válvula

O som chiado característico da válvula pode dar um certo medo nas pessoas, mas esse barulho é, na verdade, um bom sinal. O chiado é a confirmação de que a panela está funcionando bem e que o vapor está sendo liberado de forma adequada. Para manter esse bom funcionamento, é essencial manter a válvula de alívio limpa e desobstruída. Também é importante verificar, de tempos em tempos, se não há nenhum tipo de deformação na válvula que esteja comprometendo o seu desempenho. Recomenda-se que a válvula seja trocada a cada cinco anos, somente em representantes autorizados. O mesmo vale para a troca de qualquer peça da panela que não esteja funcionando apropriadamente: procure sempre por profissionais competentes.

Vedação

Tão importante quanto a válvula é a borracha de vedação. É preciso que esse anel emborrachado que veda a tampa da panela de pressão esteja em boas condições para conter o vapor que se forma no interior da panela e, assim, garantir a sua eficiência.

Cuidados ao manusear e abrir a panela

Enquanto você estiver cozinhando, mantenha o fundo da panela sempre plano. Por questões de segurança, mantenha o cabo da panela sempre dentro dos limites do fogão e evite a presença de crianças na cozinha. Na hora de abrir, nunca force a tampa. É preciso desligar o fogo e esperar o vapor sair e a panela esfriar gradativamente. Para que o vapor saia de forma mais rápida, é possível colocar a panela na pia e jogar água fria, mas sem submergi-la.

Limpeza

Procure manter a panela sempre bem limpa. A borracha é uma parte que merece atenção especial, pois tende a acumular mais resíduos. Para a limpeza da válvula, a dica é utilizar água corrente e um palito de dentes para manter os furos desobstruídos. Evite guardar a panela tampada para prolongar a vida útil do anel de vedação.