Diz-se que a comunicação é a chave para qualquer negócio prosperar. Tanto é verdade que a publicidade e a produção de conteúdo são ferramentas úteis, e até mesmo decisivas, nos índices de vendas ou de posicionamento das marcas no mercado. Diante da diversidade de canais que são oferecidos para que as empresas se comuniquem com seu público, um deles tem ganhado destaque recentemente: a internet.

Na era digital, é praticamente inconcebível que os empresários estejam na televisão, no rádio ou nas revistas sem marcar sua presença na internet. A fácil mensuração de resultados e a maior segmentação que o meio oferece são apenas algumas das vantagens de adquirir um espaço na web. Nesse meio tão aberto e inovador, redigir um texto pode não ser uma tarefa tão simples. Algumas empresas apostam na contratação de uma agência de criação de sites. Se quiser tocar o projeto por conta própria, veja como fazê-lo nas dicas a seguir:

Objetivo

O primeiro passo para se escrever um texto na internet é estabelecer o propósito de comunicação. Qual o meu objetivo ao redigir o texto? Quero tornar minha marca conhecida? Quero vender mais um determinado produto ou serviço? Quero ensinar alguém a fazer algo? Quero divulgar uma informação? Essas perguntas orientam os redatores quanto ao estilo de linguagem a ser adotado. Em alguns casos, o texto deve ser mais técnico, em outros, mais didático e tutorial. Talvez, ainda, seja melhor apostar em linguagem mais persuasiva, talvez seja preferível manter a neutralidade de informações mais objetivas. Verifique também se o estilo adotado se adapta ao local de publicação: sites, redes sociais, blogs, entre outros. Isso também permite que se tenha noção do tamanho do texto.

Dicas de redação para internet

Público-alvo

Outro questionamento fundamental a ser feito é: a quem se destina esse texto? É fundamental que a linguagem esteja adaptada ao público leitor. Por isso, há uma série de variáveis a serem consideradas, como gênero, faixa etária, classe socioeconômica e grau de instrução. É preciso que as temáticas, o vocabulário e as construções gramaticais sejam compreensíveis ao público. Em alguns casos, pode-se utilizar termos mais técnicos e complexos, em outros, deve-se manter a linguagem o mais simples possível. Há textos em que é permitido brincar, dialogar diretamente com o leitor, mas há outros em que se deve manter a formalidade.

Arquitetura Textual

Antes de começar a redigir propriamente o texto, divida suas ideias em parágrafos ou subtítulos, organizando a sequência mais indicada para abordar cada tópico. Introduções e conclusões são sempre bem-vindas. Crie tópicos frasais, isto é, sentenças iniciais que identificam de forma clara o assunto do parágrafo. Em seguida, crie as outras frases que explicam ou desenvolvem as ideias do parágrafo, sempre as relacionando ao tópico frasal estabelecido.

Coesão e coerência

Não se deve entrar em contradição de ideias em um texto, a menos que essa seja uma ideia com propósito de reflexão. Mantenha a linha de raciocínio e não fuja do tema ao qual você se propôs a redigir. Também é preciso que as ideias estejam claras e coesas, isto é, que o redator se expresse de forma objetiva, sem delongas, o que pode deixar o texto cansativo e prolixo. Evite repetições de termos e procure alternar frases mais longas e frases mais curtas, procurando manter um ritmo para leitura.

Conheça a gramática

Não é preciso ser um doutor em linguística, mas é fundamental que o redator tenha um vocabulário vasto e conheça as regras de ortografia, concordância, regência, acentuação, pontuação, sintaxe e estilística. Na dúvida, pesquise as regras da língua e consulte um dicionário. Sempre revise o texto em busca de erros ou construções inapropriadas. Uma dica é não revisar sua produção imediatamente após a redação. Dê um intervalo para que sua leitura não fique cansativa e os erros não passem despercebidos.

Verifique suas fontes

Na hora de redigir textos, procure fontes de confiança para que as informações publicadas estejam corretas. Em se tratando de estatísticas, procure por referências que estejam atualizadas.