Os escritórios são ambientes de trabalho e, dependendo do porte da empresa, recebem muitos funcionários, colaboradores e clientes. Por conta disso, esses espaços precisam de ótima infraestrutura e de uma decoração atrativa, que motive quem neles estiver.

Essas considerações incluem a escolha do piso, que deve ser realizada com cuidado e levando alguns aspectos importantes em consideração. Na correria do dia a dia, é essencial garantir um tipo de piso que seja mais prático e fácil de limpar. Além disso, ele precisa ser resistente para que dure por mais tempo, mesmo diante do alto tráfego de pessoas, do arrastamento de móveis, das quedas de objetos, entre outros.

Dicas de pisos para escritórios

Além da funcionalidade, a estética não pode ser ignorada. A dica é que os pisos combinem com a decoração geral. Se o projeto decorativo for mais complexo, pisos em estilo mais neutro são mais recomendados.

Piso Laminado

O piso laminado é feito com uma base de madeira processada e recebe um revestimento final, chamado laminado melamínico. Há diversas opções de revestimento disponíveis, com estilos diferentes, incluindo padrões amadeirados. Os pisos laminados são de fácil instalação e limpeza, e são mais recomendados para ambientes menores, com baixo ou médio tráfego de pessoas.

Eles são bastante duráveis e resistentes, e podem ser limpos com aspirador de pó ou vassoura de cerdas macias, sem procedimentos mais complexos.

Piso Vinílico

Produzidos com um revestimento de PVC, os pisos vinílicos têm sido cada vez mais utilizados por arquitetos e decoradores. São uma opção também bastante prática, e de ótima relação custo-benefício. Com fácil instalação e manutenção, os pisos vinílicos trazem vantagens importantes para os escritórios, como conforto térmico e ótimo isolamento acústico.

Os pisos desse tipo podem ser aplicados sobre outros contrapisos e, assim como os pisos laminados, também contam com uma variedade considerável de modelos de estampas – algumas mais convencionais e discretas, ou outras mais criativas e inovadoras.

Carpete

Os pisos acarpetados são clássicos, tanto em ambientes residenciais quanto em escritórios e estabelecimentos comerciais. Essa opção também produz bom isolamento térmico e reduz bastante os ruídos dos passos das pessoas. Nos prédios, esse isolamento acústico é necessário, pois evita que o som de um andar se propague ao outro, atrapalhando o trabalho.

Como o carpete é um tecido, é preciso fazer manutenções periódicas. Por ser uma opção impermeável, a limpeza também é bastante simples e evita manchas e demais desgastes. Assim, o carpete também é uma opção durável e resistente, inclusive em escritórios.

Cada opção citada possui suas particularidades. Para escolher o melhor tipo de piso, leve em consideração o tamanho do ambiente, o estilo decorativo, o volume do tráfego de pessoas, a praticidade do revestimento e, claro, a solução que é mais adequada ao seu bolso.