A ponte rolante é uma máquina utilizada para elevação e movimentação de cargas muito pesadas, que não podem ser deslocadas por meio da força humana. Esse tipo de equipamento é comum em indústrias de cimento, aço, metalúrgicas, metal-mecânicas, entre outras.

Como é realizada a inspeção em pontes rolantes?

Além de contar com profissionais capacitados para operar esse tipo de máquina, é muito importante que sejam realizadas manutenções frequentes nesses equipamentos. O objetivo das inspeções e manutenções é evitar que ocorram acidentes que coloquem em risco a vida das pessoas e prejudiquem a produtividade das empresas. Há dois tipos de inspeções a serem feitas nas pontes rolantes. Saiba mais:

Inspeções visuais

As inspeções visuais são realizadas antes de ligar a ponte rolante. Elas têm o objetivo de analisar as condições gerais de todo e qualquer componente da ponte, como cintas, talhas, cabos de aço, correntes, polias, carros, travas, ganchos, freios, equipamentos elétricos, acessórios, entre outros.

Para realizar esse tipo de inspeção, é importante que haja um check list, para que nenhum item seja esquecido. Cada item precisa ser avaliado levando em consideração alguns aspectos, como o correto posicionamento de cada item, sinais de desgaste ou corrosão.

Inspeções funcionais

As inspeções funcionais, por sua vez, são testes realizados com a ponte rolante em funcionamento. Analisadas as condições de cada componente, é preciso verificar se cada um deles está cumprindo corretamente a sua função ou se há algum problema de desempenho. É o momento de checar o funcionamento de alarmes, freios, entre outros.

Laudos

Após serem realizadas as inspeções, são gerados laudos, isto é, relatórios com o desempenho obtido por cada componente. Esses laudos também contêm os problemas que foram diagnosticados e suas respectivas medidas corretivas. Enquanto essas medidas não forem tomadas, o uso do equipamento não é considerado seguro.

É importante que o processo de inspeção esteja sempre de acordo com as NRs (Normas Regulamentadoras) relacionadas, sejam elas nacionais ou internacionais.

Frequência das Inspeções

É fundamental que as manutenções e inspeções realizadas nas pontes rolantes sejam efetuadas com uma certa frequência. Em geral, essa periodicidade costuma ser de 3, 6 ou 12 meses, dependendo de cada caso. A frequência de uso do equipamento, os riscos aos quais está exposto e os resultados obtidos em manutenções prévias são os fatores que ajudam a determinar essa frequência ideal.

Seguindo as correções apontadas e tomando os cuidados preventivos necessários, tanto antes quanto durante o uso das pontes rolantes, é possível mitigar riscos e garantir operações mais seguras.