Com o intuito de aumentar os investimentos no país e dar um up na economia, nos ano de 1990, o Ato de Imigração sugeriu um programa, o visto IB-5, que permite investidores estrangeiros aplicar grandes valores nos Estados Unidos.

Quem participasse desse programa teria direito ao green card e ganharia cidadania americana. O programa entrou em vigor em 1993, dando a chance a milhares de pessoas de todo o mundo de ser um cidadão dos Estados Unidos.

Podem participar do programa de visto IB-5 pessoas de todo o mundo, sem distinção alguma de crenças, raças, nível de escolaridade, sem fluência na língua inglesa. Outra vantagem é que o green card vale para toda a família.

Reunir Informações Sobre o Visto EB-5

O melhor método para acelerar o processo de emissão do visto EB-5 é reunir toda a informação referente possível e toda a documentação estar em dia para ser aprovado logo na primeira tentativa.

O interessado deve fazer um investimento estilo capital de risco em numa entidade financeira dos Estados Unidos e gerar empregos. Esse investimento deve ser de, no mínimo, 900 mil dólares e deve-se comprovar a legalidade desse montante através de documentos comprobatórios.

São disponibilizados, por ano, 10 mil vistos EB-5. Esse número nunca foi atingindo, sendo 3800 a quantidade máxima de vistos emitidos em um ano (2011).

Processo para ser um Investidor

É necessário submeter um formulário, o I-526, para a Petição de Imigrantes de Investidores Estrangeiros. Todos os documentos que provem a origem e legalidade do investimento devem estar nesse formulário. Esse é o primeiro passo.

Assim que o formulário I-526 é aprovado, o visto EB-5 é emitido, permitindo ao investidor e sua família (cônjuge e filhos solteiros menores de 21 anos) a permanência nos Estados Unidos por dois anos.

O segundo passo vem logo após esse período de dois anos. O investidor deve solicitar uma nova petição através do formulário I-829. Esse novo formulário remove os requisitos para residir nos Estados Unidos.

Para que seja aprovado, o investidor deve provar que durante os dois anos cumpriu todas as exigências de seu investimento. Após a aprovação, o green card deia de ser provisório e passa a ser vitalício.

O processo de visto IB-5 é longo, podendo chegar a um ano de espera para liberação. Por isso é importante sanar todas as dúvidas com antecedência e iniciar o processo o mais preparado possível.

  • Quais documentos e informações para fazer o pedido do visto IB-5? – O interessado deve reunir todas as informações legais e financeiras sobre si mesmo e seus familiares elegíveis.

Passaportes e todo o tipo de documento que prove a origem e legalidade de seus fundos financeiros são obrigatórios para a petição do formulário I-526.

  • É obrigatório ter um advogado? – Sim, é uma da exigência do órgão responsável que o interessado seja representado legalmente por um advogado por se tratar de caráter jurídico.

O processo de visto IB-5 é complexo, cheio de detalhes técnicos que necessitam do olhar de um profissional. Existem escritórios de advocacias especializados nesse tipo de serviço.

  • Quais os custos para participar do programa? – Além do valor mínimo de 900 mil dólares a ser investido, o requerente terá custos com a taxa de administração do Centro Regional e taxas do processo e qualquer ajuda profissional que venha necessitar (consultores, advogados, etc).
  • O valor mínimo de investimento é de 900 mil dólares? – Sim, esse é o valor mínimo para participar do programa de visto IB-5. No entanto, esse valor pode estar ainda em processo de ser investido quando a primeira petição é feita
  • Existe alguma chance do Green Card não ser aprovado? Existe, porem essa chance é muito baixa. Durante o processo do formulário I-829, o índice de aprovação é de 99%.

Embora seja um processo bastante minucioso e demorado, não é difícil para o investidor cumprir os requisitos e garantir a emissão de seu visto IB-5. O principal ponto é ter a documentação em dia e ter a vida financeira organizada.