Quem é que não gostaria de ter aqueles cílios lindos, longos e curvados das atrizes de Hollywood, não é mesmo? Para quem não foi muito beneficiado pela genética nesse sentido, as opções de cílios postiços são a saída para valorizar o olhar e deixá-lo bem mais expressivo. No entanto, os cílios postiços são itens que requerem muito cuidado em sua aplicação, e alguns erros bastante frequentes podem acabam machucando a região e ainda transmitir uma sensação totalmente artificial, o que não é bacana. Por isso, confira os erros mais comuns ao colocar cílios postiços e saiba como evitá-los:

Cola em excesso

Um medo comum a quem usa cílios postiços é que eles caiam durante o evento em que serão utilizados. Por isso, para quem tem essa insegurança, a reação mais comum é exagerar na cola. No entanto, a cola excessiva vai ser muito mais prejudicial do que benéfica, pois os cílios vão ficar deslizando antes que a cola seque, ficando em posições erradas. Além disso, o excesso de cola fica visível e acaba com o look. Por isso, use uma quantidade razoável de cola e passe o delineador depois para escondê-la.

Ordem errada

Uma das maiores polêmicas quanto ao uso de cílios postiços é: é melhor passar a maquiagem antes ou depois de sua aplicação? Quando os cílios são colados antes, fica bem mais difícil passar sombra, iluminador, lápis, entre outros. Sem falar que os resíduos desses produtos, quando caem sobre os cílios, podem deixar a maquiagem “carregada”. Dessa forma, o ideal é fazer a maquiagem facial antes da aplicação do produto.

Uma exceção, no entanto, precisa ser feita: a aplicação da máscara de cílios. Este produto particularmente deve ser aplicado depois que os cílios postiços já estiverem fixos. A máscara é a finalização da make, e é um elemento incrível na hora de unir os cílios naturais aos postiços, produzindo um resultado muito mais natural, leve e elegante.

Modelos e tamanhos inadequados

Muita gente pensa que cílios postiços são todos iguais. Isso não é verdade, já que o mercado oferece diferentes opções de tamanhos de cílios, volume de fios e curvaturas. Por isso, é preciso pesquisar e identificar a opção mais adequada para cada olhar. Além disso, é sempre recomendável dar aquela customizada por conta própria, ou seja, você pode cortar as pontinhas externas quando os cílios forem maiores do que seu olho, por exemplo. Faça o que for possível para que os cílios postiços pareçam naturais e se moldem perfeitamente aos olhos.

Ignorar os cantos

Como citado anteriormente, não se deve exagerar na cola, mas também não se pode economizar muito. A dica é espalhar o líquido de forma homogênea. Depois de fixar bem o centro, utilize uma pinça para grudar bem os cantinhos, que tendem a descolar com mais facilidade. A pinça também pode ser recomendada para unir os fios artificiais aos naturais.

Produtos inapropriados

Em geral, os cílios postiços são comercializados com colas apropriadas para a finalidade de fixá-los, mas o mercado também as vende separadamente. Utilize apenas esse tipo de produto. Não é hora de inventar moda e usar colas comuns, que não foram testadas sobre a pele humana. Seu uso pode causar problemas graves na hora de retirar os cílios, irritando e machucando a região, além do risco de danificar o produto.